Espaço de convívio e partilha de notícias e opinião entre baguinenses e/ou sobre Baguim do Monte. Blog que se pretende plural alimentado por co-autores. Envio de notícias ou artigos de opinião para publicação: BaguimdoMonte@sapo.pt
Quinta-feira, 30 de Março de 2006
Hoje Recebi Flores!
Não é o meu aniversário ou nenhum outro dia especial;   
 
Tivemos  a nossa  primeira discussão ontem à noite e  ele me disse muitas coisas cruéis que me ofenderam de verdade.
Mas sei  que está arrependido e  não as disse a sério,
porque ele me enviou flores hoje 
Não é  nosso aniversário ou nenhum outro dia especial.
 
Ontem ele atirou-me contra a parede e começou a asfixiar-me.
Parecia um pesadelo, mas dos pesadelos acordamos e sabemos que não é real.
Hoje acordei cheia de dores e com golpes em todos lados.
Mas eu sei que está arrependido
porque ele me enviou flores hoje 
E não é  São Valentim ou nenhum outro dia especial. 

Ontem à noite bateu-me e ameaçou matar-me.
Nem a maquilhagem ou as mangas compridas
poderiam ocultar os cortes e golpes que me  ocasionou desta vez.
Não pude ir ao emprego hoje porque não queria que se  apercebessem.
Mas eu sei que está arrependido
porque ele me enviou flores hoje 
E não era dia da mãe ou nenhum outro dia.
 
Ontem à noite ele voltou a bater-me, mas desta vez foi muito pior.
Se conseguir deixá-lo, o que é vou fazer?
Como poderia eu sozinha manter os meus filhos?
O que acontecerá se faltar o dinheiro?
Tenho tanto medo dele mas dependo tanto dele que tenho medo de o deixar.
Mas eu sei que está arrependido,
porque ele me enviou flores hoje.
 
Hoje é um dia muito especial: É o dia do meu funeral.
 
 
Ontem finalmente conseguiu matar-me.
Bateu-me até eu morrer.
 
Se ao menos tivesse tido a coragem e a força para o deixar...
Se tivesse pedido ajuda profissional...  
Hoje não teria recebido flores!
 
Por uma vida sem  violência!!!!
Partilhem esta mensagem... para criar consciência.
Não podemos deixar que continue. É uma realidade muito triste.
PARA QUE SE TENHA RESPEITO PARA COM A MULHER!!!
 
Morrem 5 Mulheres por mês  - em Portugal  - vítimas de maus-tratos!  
Mulheres, lembrem-se,
é vital  ultrapassar o sentimento de culpa e DENUNCIAR.


publicado por asousa_mendes às 18:36
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De JFigueiras a 11 de Abril de 2006 às 12:25
A Junta de Freguesia de Baguim do Monte disponibiliza desde Junho de 2005, às Vítimas de Violência Doméstica, o acesso a serviços de grande utilidade e proximidade, no sentido de poderem ter, localmente, a informação e o acompanhamento adequados para a resolução do seu problema específico.

Trata-se do Espaço Mulher, a funcional no edifício da Junta de Freguesia, Quinzenalmente, às 2as feiras, das 14h às 17h.

Tem como Técnico Responsável o Dr. Carlos Coelho, Psicólogo. Funciona em articulação com o Serviço de Atendimento e Encaminhamento Psicológico da Junta de Freguesia de Baguim do Monte.


De Anónimo a 31 de Março de 2006 às 16:30
Este problema não é de antigamente. Saíu hoje um artigo de ANA FRAGOSO, no jornal "Público", 2006.03.31, pág 61:

Marido que acorrentou mulher a tanque da roupa começou a ser julgado.
O Ministério Público acusou ontem, no Tribunal de Mirandela, o arguido de maus tratos e sequestro.

O Tribunal de Mirandela começou ontem aju1gar um indivíduo de 49 anos, I.A., natural de Vale Juncal, detido em meados de Junho do ano passado por supostamente ter agredido a mulher, deixando-a mais de 12 horas, completamente nua, acorrentada pelo pescoço a um tanque de lavar roupa.

O caso chocou na altura a população. A mulher, de 46 anos, apareceu nua na casa de uma familiar, enrolada numa manta onde dormiam os cães, a arrastar uma corrente que, segundo a GNR, pesava mais de 13 quilos. Segundo o Ministério Público (MP), a vítima, aproveitando a ausência do marido, conseguiu puxar para si, com os pés, uma enxada que estava perto do tanque e com ela retirou a rolha e esvaziou o tanque. Depois, com as costas e o cabo da enxada a fazer de alavanca, conseguiu tirar a corrente da perna do tanque e fugir. A própria chamou a GNR e relatou o sucedido.

O marido foi nesse mesmo dia detido, encontrando-se até à data em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Bragança(EPB). A mulher acabou por ser internada no Hospital de Mirandela, durante uma semana, com hematomas, escoriações, desidratação e problemas psicológicos.

De acordo com a acusação, o os maus tratos já aconteciam a pelo menos desde 1996. O arguido tratava: a mulher quase como uma escrava. As lides domésticas tinham de ser feitas de acordo com as suas orientações, não lhe permitia sentar-se com ele à mesa e as agressões aconteciam de forma ontinuada e com alguma frequéncia.

Ainda segundo o MP, o arguido fechava a mulher junto ao forno do pão, tirava-lhe a roupa, deixando-a nua por longos períodos. Num outro episódio, a acusação refere que, durante uma semana, a vítima foi obrigada a permanecer trancada na sala da residéncia, dormindo em cima de um colchão, alimentando-se unicamente a pão e água, o que supostamente lhe provocou uma anemia.

Apesar de tudo isto, não existia até à altura qualquer queixa por maus tratos contra o indivíduo na GNR, mas há diversos registos de entrada da mulher no hospital, sempre com hematomas e escoriações. A própria, ouvida ontem durante o julgamento, confinnou os dados avançados pela acusação.

Factos que o arguido negou. Logo no início da sessão, o advogado de defesa tentou adiar o julgamento, alegando falta de condições físicas e psicológicas do arguido para responder ao tribunal. O colectivo de juizes confirmou junto do EPB que, nos últimos dias, o suposto agressor não apresentava sinais de doença que o impedissem de responder em sede de julgamento. O delegado de saúde de Mirandela, chamado ao tribunal, depois de o observar, também concluiu que não havia razões para adiar a sessão. Porém, ao final da manhã, o réu sentiu-se mal apresentando tremores, o que levou o colectivo a interromper a audiência.

Atendendo a esse mal-estar, o tribunal entendeu agendar a continuação do interrogatório ao arguido para a próxima semana, passando de imediato para a audição das testemunhas, tendo sido a vítima a primeira a testemunhar.



Comentar post

pesquisar
 
Outubro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Freguesia de Baguim do Mo...

Dia Mundial do Idoso em B...

Assembleia de Freguesia

Reunião Pública da Junta ...

Encontro de música tradic...

I SARAU DE DANÇA

Feira do Livro em Gondoma...

Trilhos Cruzados em Maced...

Trilhos Cruzados em Arrif...

Grupo Desportivo de Bagui...

18º Festival Nacional de ...

Bairro do Pe Américo à ve...

Estrelas de Baguim vence ...

Reunião Pública da Junta ...

Pe. Vieira Cavadas: 50 an...

links
arquivos

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

as minhas fotos
blogs SAPO
subscrever feeds