Espaço de convívio e partilha de notícias e opinião entre baguinenses e/ou sobre Baguim do Monte. Blog que se pretende plural alimentado por co-autores. Envio de notícias ou artigos de opinião para publicação: BaguimdoMonte@sapo.pt
Segunda-feira, 8 de Maio de 2006
Cemitério em obras II – Contra-sensos Locais
Venho aqui manifestar a minha profunda revolta perante a actuação dos dois últimos executivos locais – o actual e o anterior – cuja actuação está ao nível de toda a restante classe politica no que diz respeito ao dinheiro dos contribuintes.
Nestes últimos dias, os funcionários da junta têm vindo a proceder a remoção daqueles elementos em betão que estavam a revestir os taludes do cemitério, porque, segundo os mesmos, o executivo anterior não pagou o material em causa. O material não foi pago pelo executivo anterior por falta de verbas? O material não foi pago pelo executivo anterior porque o prazo de pagamento era posterior à saída do mesmo da junta e o actual executivo não tinha verbas para pagar ou, e espero que não seja este o caso, o actual executivo numa manobra politica duvidosa achou por bem não pagar?
Em qualquer dos casos, era de certo preferível liquidar as contas junto do fornecedor do que mobilizar cerca de 10 homens, carrinhas, etc, etc, para proceder a devolução do material. Afinal os custos de aplicação não devem ter sido tão poucos quanto isso e os custo de retirada do material, em mão-de-obra e transportes, também devem ser elevados. Mas como o dinheiro não sai do bolso de quem toma decisões deste tipo… O actual executivo poderia ser menos orgulhoso e pensar na autarquia e agir de forma mais racional, para bem da freguesia.
Espero também que na próxima assembleia, a oposição peça e dê todos os esclarecimentos sobre esta matéria e que os mesmos sejam aqui transcritos, isto se a assembleia não for adiada por incompetência do actual executivo.
E mais não digo.
Estefânio Pinto


publicado por BaguimdoMonte às 18:35
link do post | comentar | favorito
|

9 comentários:
De Anónimo a 18 de Maio de 2006 às 12:15
Caros Baguinenses,
pelos vistos anda alguma gente irritada com os obras do cemitério de Baguim do Monte. Lamento o facto de fazerem comentários caluniosos da realidade que não conhecem, mas que teimam em comentar sem conhecer verdadeiramente. A Junta está aberta para prestar esclarecimentos aos que os solicitarem. Não escondemos nada nem andamos aqui para enganar ninguém. Lamento o facto de ter que acabar com os meus comentários neste blog pois não quero alimentar polémicas nem quero descer ao nível daqueles que me insultam. No entanto serei, como até agora, um observador atento deste espaço. Aceito todas as críticas e comentários mas também tenho o direito de ser tratado com respeito e educação.
Para todos, sem excepção, os meus verdadeiros cumprimentos.
Nuno Coelho


De JFigueiras a 12 de Maio de 2006 às 17:27
Confesso que gosto pouco de visitas aos cemitérios. E então a locais com "bunkers", muito menos.
Mas vou ter de lá ir para ver o que está em causa.
Acho, aliás, que se deveria promover uma romagem este sábado à tarde com sessão de esclarecimento no local...
O assunto está a tornar-se demasiado sério para deixar ficar como está.


De coralista a 12 de Maio de 2006 às 16:00
Não vou comentar as obras do cemitério se estão bonitas ou feias, pois ainda não as vi, e como tal, não acho justo falar do que não conheço. No entanto não posso deixar de me preocupar com alguns comentários. Uma obra de 24000€ não é bem uma bagatela... digo eu... (Quase 5000 contos em moeda antiga, isto para iluciadar aqueles que não sabem o que é um bunker, pelos vistoa há quem considere os baguinenses "Menos instruidos" para não usar outra palavra). Contratos verbais? Isto é mesmo verdade? Hum... se calhar é mais importante o jogo do empurra... Mas em vez de empurrarmos vamos apurar responsabilidades, quer seja a este executivo, quer seja a outro. Vamos esclarecer quem delapidou ou delapida o que é nosso, mas sem discursos exacerbados, e com factos reais e concretos, ou seja... COM NÚMEROS. Acho que seria de toda a justiça, sabermos primeiro os numeros envolvidos... e depois ajuizar.

Cumprimentos

Fernando Moreira - um baguinenses que sabe o que quer dizer a palavra "Bunker" e uma pesquisa para os "menos instruidos"

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Casamatas - são unidades de defesa usadas ostensivamente durante guerras. São feitas de concreto e contam com aberturas que possibilitam o revide em caso de ataque.

As casamatas, embora na maioria das guerras construídas de concreto, também eram subterrâneas e de madeira, como foi o caso do Vietnam, no qual as casamatas eram de madeira e ficavam em local subterrâneo.

São, muitas vezes, também conhecidas como "bunkers", apesar de serem muito menores. A utilização de casamatas no Dia-D (2GM) foi muito grande para revidar o ataque naval que partia dos aliados. O Concreto chegava a ter 2 metros de largura.


De andreia santos a 12 de Maio de 2006 às 12:46
Independentemente de se gostar ou não das obras que estavam a ser feitas no cemitério, queria dizer ao Sr. Presidente que muito me orgulha, que a população baguinensa saiba o que são "bunkers"! Sr. Presidente, as obras em Baguim não são feitas para lhe agradar! Provavelmente pagar o que restava da empreitada não causava tanto transtorno e custos como retirar as pedras e mobilizar tanto pessoal e transportes, só que, claro está não estava do agrado do Sr. Arquitecto!


De Daniel Cardoso a 11 de Maio de 2006 às 18:41
O sr. Presidente, o " nuninho" é um mentiroso de primeira. Na campanha era só sorrisinhos e aperos de mão a toda e qualquer pessoa. Nos funerais era presença assidua, mesmo sem conhecer os falecidos. Depois de ser eleito, começou a difamar o bom nome do serafim. Acusou-o de ter roubado dinheiro à junta de a deixar a mesma num grande buraco financeiro. Segundo os seus amigos socialistas, a junta tinha dinheiro quando o senhor tomou posse em ourubro passado. Agora, anda com falsos moralismos e anda a remover do cemiterio aquilo que todos nós pagamos. Se não gosta, paciência, põe na beira do prato mas não estraga. Já agora, ouvi dizer que o sr não tem dinheiro para pagar aos funcionários da junta, é verdade?


De C Gonçalves a 11 de Maio de 2006 às 17:01
Tenha vergonha sr. Nuno Coelho. O sr. agora é presidente de uma Junta de Freguesia que representa e cujos discursos deveriam ser mais pensados. É uma vergonha a sua resposta sobre este assunto. É vergonhoso continuar a atirar as culpas para o anterior Executivo. É uma vergonha estar a trazer outros problemas para a discussão sem fazer um esclarecimento sério. Devo realçar que o seu discurso muda substancialmente quando está perante pessoas do anterior Executivo ou membros da Assembleia de Freguesia, talvez porque essas pessoas saibam a verdade dos factos. Por último quero só lembrar-lhe que já não é o "Nuninho" que está na oposição e pode dizer tudo o que lhe apetece, agora deve honrar o cargo para que foi eleito e a instituição que dirige sem qualquer tipo de condicionalismos políticos. Os baguinenses têm o direito de exigir um Presidente de Junta responsável, competente e imparcial. Com os melhores cumprimentos.


De sdsp a 10 de Maio de 2006 às 13:07
É sempre a mesma história. O problema vem sempre dos que já ca não estão... Andam a tirar aquilo do cemitério por que não gostam do aspectoe/ou por falta de dinheiro? Já agora senhor presidente, aquilo que vocé tem previsto para substituir aquilo que estão a tirar vai custar quanto? Já fez as contas ou vai pedir orçamentos depois? E as contas do pessoal que lá esteve a trabalhar, é o empreiteiro que as vai pagar? Já fez essas contas? Aquilo que o senhor Estefânio disse é pura verdade, os politicos brincam com o nosso dinheiro porque não lhes sai do bolso e porque não são responsabilizados pelas asneiras que andam a fazer. Já que tem tanta certeza de ter tomdo a decisão mais acertada, mostre as contas e explique o acordo que fez com o empreiteiro que recebeu os 7200 euros do outro executivo. Não se fique pelas acusações e prove-nos que anda a fazer o melhor para a junta. De palavreados e promessas de politicos já andam os jornais cheios.
Obrigado.


De Nuno Coelho a 9 de Maio de 2006 às 13:37
Caro Estafânio Pinto,
o seu comentário é demonstrativo de uma falta de sensibilidade política muito grande. Gostaria de o ilucidar que as obras do cemitério a que se refere (colocação das caldeiras de cimento) foram iniciadas pelo anterior executivo numa lógica eleitoralista e deveriam ficar prontas até o final de Setembro de 2005. Acontece que, por culpa de alguém, tais obras prolongaram-se muito para além do limite acordado VERBALMENTE entre empreiteiro e anterior executivo e as eleições autarquicas mudaram o panorama político de poder em Baguim do Monte.
Para que saiba, o orçamento apresentado pelo empreiteiro foi superior a 24.000,00€ (e não era o mais baixo) e tal orçamento previa uma obra muito diferente daquela que veio a ser executada, pois à última da hora e devido a alguma contestação, o anterior executivo resolveu fazer (bastantes)alterações às obras previstas. No último dia em que teve em exercício de funções, o anterior executivo passou um cheque ao empreiteiro no valor de 30% do valor total da obra (ainda inacabada). Quando o actual executivo assumiu funções deparou-se, entre outras coisas, com esta situação grave e da qual não tem responsabilidade nenhuma. Agora pergunto-lhe frontalmente:
1- Você vê naquela "obra" substância para o dispêndio de 24.000€ ?!?
2- Você acha correcto que para uma "obra" deste valor não exista nenhum contrato assinado por ambas as partes, um mapa de trabalhos, uma calendarização de trabalhos e um caderno de encargos ?!? Isto para não falar num projecto ?!?
3- Você acha agradável encher aqueles taludes com brita ou cimento à semelhança de um "bunker" , corforme expressão usada pela população ?!?
4- E você acha correcto deixar 70% do valor daquela obra para o executivo seguinte pagar ?!? Se o anterior executivo queria tanto aquela obra, então que a tivesse feito atempadamente e que a tivesse pago na íntegra. Se calhar, naquele dia, não havia mais dinheiro disponível na Junta ?!?
5- Não é preferível chegar a acordo com o empreiteiro e não deixar sair mais nenhum dinheiro da Junta e nem prejudicar mais a autarquia.
6- E por fim, não será preferível aproveitar aquele espaço para edificar capelas (não existentes em Baguim) ou até jazigos que fazem falta ?!?
Para concluir, quero dizer-lhe que se alguém andou a brincar com o dinheiro dos contribuintes não foi este executivo e se alguém prejudicou e lesou gravemente esta nossa Junta de Freguesia também não foi este executivo.
Peço-lhe que seja mais imparcial na sua análise e que consulte bem os processos que comenta.
E já agora, investigue o processo de indeminização que esta Junta tem que dar a um funcionário por ter feito MAL o seu despedimento. Para lhe abrir a curiosidade o valor é muito superior a 50.000€ e é da total responsabilidade dos anteriores executivos.
Com os meus cumprimentos,
Nuno Coelho


De Filipe Matos a 9 de Maio de 2006 às 00:47
Caro Amigo Estefânio Pinto, este problema do cemitério e outros foram discutidos nas anteriores assembleias de freguesia. Por isso, vamos esperar que alguem do executivo da junta bem como um representante de cada força política com assento na assembleia, nos consiga esclarecer sobre o que se passa realmente com o cemitério. Com os melhores cumprimentos, Filipe Matos


Comentar post

pesquisar
 
Outubro 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


posts recentes

Freguesia de Baguim do Mo...

Dia Mundial do Idoso em B...

Assembleia de Freguesia

Reunião Pública da Junta ...

Encontro de música tradic...

I SARAU DE DANÇA

Feira do Livro em Gondoma...

Trilhos Cruzados em Maced...

Trilhos Cruzados em Arrif...

Grupo Desportivo de Bagui...

18º Festival Nacional de ...

Bairro do Pe Américo à ve...

Estrelas de Baguim vence ...

Reunião Pública da Junta ...

Pe. Vieira Cavadas: 50 an...

links
arquivos

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

as minhas fotos
blogs SAPO
subscrever feeds