Espaço de convívio e partilha de notícias e opinião entre baguinenses e/ou sobre Baguim do Monte. Blog que se pretende plural alimentado por co-autores. Envio de notícias ou artigos de opinião para publicação: BaguimdoMonte@sapo.pt
Terça-feira, 14 de Fevereiro de 2006
Um pouco mais de S. Brás
Foi com orgulho que mais um ano se realizou... (mas deve ter passado despercebido a muita gente) o VII Concurso Gastronómico "Rojões e Papas de Sarrabulho" na Freguesia de Baguim do Monte. Curiosamente li todos os Posts colocados sobre a festa... mas em relação ao concurso... foi como se nem tivesse existido.
Se calhar é mais importante saber se o cartaz está numa tabuleta do Ps ou numa tabuleta da Junta de Freguesia... se somos laranjas, cor de rosa, azuis, vermelhos... ou camaleões.
Se somos mais ou menos Baguinenses. Caros "amig@s"... acho que há certos assuntos que devem ser mesmo reservados para a Assembleia de Freguesia, aí é o sitio certo para fazer política (ou politiquice??)
Mas para não dizerem que só puxo a Brasa à minha sardinha... há outros posts aqui colocados sobre actividades (culturais, etc) interessantes desenvolvidas na nossa freguesia, mas sobre essas... Nem comentários... porque se calhar nem nós (Baguinenses) comparecemos a essas.

Um bem haja a Baguim e às forças que empurram a nossa Freguesia para o Futuro (independentemente da cor, raça ou credo)

Cumprimentos

Fernando Moreira


publicado por BaguimdoMonte às 18:04
link do post | comentar | favorito
|

6 comentários:
De Anónimo a 14 de Fevereiro de 2006 às 18:30
A questão que coloca é pertinente. Na minha humilde interpretação, aspectos ÉTICOS devem ser tratados imediatamente e as questões devem ser imediatamente resolvidas. É o caso da tabuleta ou poster ou o que lhe quiserem chamar que era do PS e agora é da Junta. Esta questão é muito importante, porque é através da forma como o assunto vai ser resolvido que vamos todos poder tirar conclusões sobre a forma como o executivo socialista é ou não ÉTICO.

Em relação aos eventos como o concurso gastronómico, merecem todo o destaque e ainda bem que no seu artigo o refere. Podia dar-nos algumas informações adicionais, como por exemplo quem ganhou, como decorreu, etc.; o que seria com toda a certeza muito mais útil do que contestar o que aqui se vai escrevendo. Ao menos aqui escreve-se o que se quer, e ninguêm censura nada.

Não tenho qualquer dúvida que todas as forças politicas tem interesse em desenvolver baguim do monte, podendo discordar quato à forma.

Quanto à politiquice, espero que o comentário seja dirigido a quem pensa que o único local para fazer politica é a Assembleia de Freguesia.

Cumprimentos,

José Pinto
Jose Pinto
(http://www.cds-pp-baguim.org)
(mailto:josepinto@cds-pp-baguim.org)


De Anónimo a 14 de Fevereiro de 2006 às 19:26
Olá. Ora temos mais um autor! Seja bem vindo e traga muitos posts.
Deixe-me corrigir. O concurso gastronómico de rojões e papas, brilhante realização do Arco do Bojo, está referido no post com as festas a S. Brás, antes ainda de elas acontecerem. Já deveria ter comentado esse post, e quem sabe, assim poderia canalizar a conversa.
Concordo com a sua preocupação e chamada de atenção para os eventos culturais (e afins) em Baguim do Monte.Ficamos à espera de mais notícias, artigos de opinião e comentários. Até breve.
Sousa Mendes
</a>
(mailto:ASousa_Mendes@sapo.pt)


De Anónimo a 15 de Fevereiro de 2006 às 14:36
VII Concurso Gastronómico "Rojões e Papas de Sarrabulho:

Papas de Sarrabulho:
1º Rancho Folclórico D.C. "As Farrapeirinhas" de Baguim do Monte
2º Café Baionense
3º Pastelaria Favo de Mel

Rojões
1º Rancho Folclórico D.C. "As Farrapeirinhas" de Baguim do Monte
2º Café Sonho Meu
3º Gelataria Allegro.

De notar que participaram entre cafés, restaurantes e colectividades 21 participantes.

Por último, acho muito bem que todos digam o que pensam, longe de mim censurar, contestar (afinal de contas o lápis azul já lá vai e ainda bem)ou querer diminuir opiniões, apenas acho que muitas vezes este observatório se transforma no "Observatório do Executivo da Junta de Freguesia de Baguim do Monte". Daí o desabafo, com o qual não quero, de modo algum, que este seja ofensivo.
Quanto ao artigo, dou a mão à palmatória que haveria de ter posto um exclusivo sobre o concurso, porque o que existe, fala tanto do concurso, como das Bandas de Música que cá vieram actuar. Está tudo no mesmo "saco", se é que me faço entender.

Trarei mais artigos assim que me for possivel com todo o gosto em participar neste observatório, que denota, e é de louvar, uma boa saúde participativa.

Cumprimentos

Fernando MoreiraFernando Moreira
</a>
(mailto:coralista123@sapo.pt)


De Anónimo a 15 de Fevereiro de 2006 às 21:34
Sr. Fernando Moreira - Muito Obrigado pelo seu comentário. Demonstra que o Sr. é uma pessoa razoável e que consegue ver o outro lado das questões. Quanto ao desabafo, faz muito bem em fazê-lo e é para isso que temos este observatório. Por favor intervenha sempre que quiser ou achar oportuno; mesmo que seja para criticar as minhas intervenções, terei muito gosto em dar a mão à palmatória (como o Sr. fez) se considerar que é o Sr. que tem a razão.

Cumprimentos e Bem Vindo.


José Pinto
(http://www.cds-pp-baguim.org)
(mailto:josepinto@cds-pp-baguim.org)


De Anónimo a 21 de Fevereiro de 2006 às 16:42
Olá caros amigos, e em especial ao meu amigo Fernando. Já à algum que leio as notícias e os comentários, que aqui são escritos neste blog, e hoje decidi escrever pela primeira vez, para apenas elogiar o grupo de música tradicional Portuguesa, o Arco do Bojo. é das colectividades de Baguim que mais eleva e dignifica o nome da nossa terra. A todos os elementos do grupo, sem excepção, o meu mais sincero obrigado, por todas as actividades e em especial, pelo Concurso Gastronómico "Rojões e Papas de Sarrabulho. Os meus melhores cumprimentos a todos que trabalham e dignificam a nossa terra, Baguim do Monte. Filipe MatosFilipe Matos
</a>
(mailto:filipematos@hotmail.com)


De Anónimo a 22 de Fevereiro de 2006 às 14:24
Filipe, em nome da Cooperatica Cultural "Arco do Bojo" e em meu nome próprio um bem haja pelas palavras de elogio. Como é óbvio sabem sempre bem, princialmente quando vindas de um BOM amigo. No entanto, de notar que, apenas fazemos o nosso trabalho da melhor maneira que sabemos e podemos. Em suma: não fazemos mais que a nossa obrigação. Um cumprimento a todos, e um especial às nossas colectividades. Fernando MoreiraFernando Moreira
</a>
(mailto:coralista123@sapo.pt)


Comentar post